image_pdfimage_print

No fim da semana passada, uma reportagem do New York Times sugeriu que o Facebook estaria considerando unificar os mensageiros do WhatsApp, Messenger e Instagram em uma única plataforma. Pouco tempo depois, Mark Zuckerberg, fundador e CEO da empresa, confirmou que a ideia realmente está sendo considerada, mas não para este ano.

Isso aconteceu em uma conversa com investidores. Nela, Zuckerberg disse que o projeto ainda está em estágio inicial e que eventualmente será concretizado. O executivo defendeu a decisão argumentando que a união dos serviços trará mais segurança aos usuários, já que, com isso, todos passariam a contar com criptografia de ponta a ponta.

Zuckerberg disse que a unificação dos mensageiros em uma só plataforma vai preencher alguns espaços vazios na comunicação. Ele exemplificou a fala dizendo que as pessoas usam o Marketplace do Facebook, mas acabam optando pelo WhatsApp para mensagens, algo que seria resolvido com a unificação.

Por fim, Zuckerberg explicou que a junção dos mensageiros criaria uma camada semelhante à existente no iMessage para SMS, oferecendo mais funcionalidade e segurança.

O recurso deve chegar no ano que vem ou mais além.

(Ler na fonte)


×
CREATE ACCOUNT ALREADY HAVE AN ACCOUNT?

 
×
Recuperar as informações de acesso?
×

Go up

Pular para a barra de ferramentas