image_pdfimage_print

A semana está movimentada para o Twitter. Depois de liberar um recurso semelhante ao Stories em sua plataforma, a rede social apresentou ao mercado novas soluções de conteúdo em vídeo.

Na quarta-feira (13), o Twitter anunciou o Creator Originals, novo formato de patrocínio oferecido pelo Niche, que conecta criadores de conteúdo e marcas. A novidade expande a parceria existente desde 2015 entre as empresas.

De acordo com a rede de microblogs, a nova solução permite que marcas se associem a conteúdos idealizados pelos criadores. E o modelo estreou com um nome de peso: a Rappi, startup de entrega, foi a primeira a investir no formato.

Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.

"O mercado já conhece o Niche como uma solução que convida criadores de conteúdo para conectar marcas audiência com quem desejam se comunicar. O Creator Originals é o inverso: o criador produz uma série em torno de um assunto sobre o qual ele gosta de falar, atinge sua audiência cativa de forma autêntica e nós encontramos as marcas que mais se adequam quele conteúdo", explicou a head do Niche na América Latina, Thaiza Akemi.

A Rappi patrocinou a série "28 coisas que meu pai nunca fez", do canal Não Salvo. "Estamos investindo em diferentes canais para construir e fortalecer a nossa marca no Brasil", comentou o head de Growth e Marketing da Rappi no Brasil, Fernando Vilela.

Edição de vídeo

Além do Creator Originals,o Twitter anunciou outra ferramenta para marcas: a edição de vídeos. Com ela, será possível modificar peças produzidas originalmente para outras mídias, como a TV, e torná-las mais alinhadas para o público da internet – e sem a necessidade de baixar programas externos.

"O sucesso de um vídeo no Twitter está atrelado a uma combinação entre estratégia de mídia e boas práticas de conteúdo. Na maioria dos casos, vemos que vídeos curtos, de seis a 15 segundos e com elementos visuais, ajudam a contar a história mesmo sem som", disse a gerente de soluções de vídeo do Twitter para a América Latina, Renata Altemari. "Como sabemos que muitas vezes as marcas produzem conteúdos originalmente mais longos, que são concebidos tendo em mente outras mídias, passamos a oferecer uma solução de edição que aumenta o potencial de o formato funcionar bem no Twitter".

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)


×
CREATE ACCOUNT ALREADY HAVE AN ACCOUNT?

 
×
Recuperar as informações de acesso?
×

Go up

Pular para a barra de ferramentas