image_pdfimage_print

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump publicou no último fim de semana uma série de tweets para atacar quatro mulheres congressistas democratas com palavreado racista e xenófobo. Mas, em entrevista CNN Business, um porta-voz da rede social afirmou que o conteúdo das publicações não viola suas regras de uso.

O fato aconteceu pouco tempo depois de o Twitter anunciar que iria "esconder" tweets de celebridades, políticos e influenciadores que violam suas regras de uso, mas sem removê-los.

O conteúdo dos tweets de Trump diziam frases como "Por que eles não voltam e ajudam a consertar os lugares totalmente quebrados e infestados de crime de onde vieram? Então, voltem e nos mostrem como é feito". As congressistas, no entanto, são cidadãs norte-americanas e três nasceram no país.


Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech.

As políticas de uso do Twitter proíbem a segmentação de indivíduos com insultos e conteúdos que tenham a intenção de desumanizar, degradar ou reforças estereótipos negativos e prejudiciais sobre uma categoria protegida.

"Estamos comprometidos em combater o abuso motivado por ódio, preconceito ou intolerância, particularmente por abusos que buscam silenciar as vozes daqueles que foram historicamente marginalizados", dizem as regras do Twitter.

Ao ser questionado sobre a contradição entre o tweet e as regras da companhia, o porta-voz não quis mais fazer comentários sobre o caso.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)


×
CREATE ACCOUNT ALREADY HAVE AN ACCOUNT?

 
×
Recuperar as informações de acesso?
×

Go up

Pular para a barra de ferramentas