image_pdfimage_print

O Blockchain já tem sido usado para transações monetárias em vários setores, sendo o principal para criptomoedas. Contudo, agora, a tecnologia pode ser implementada em um outro tipo de serviço: o de compra de mídia. Durante a SXSW, o gerente de marketing da IBM, Babs Rangaiah, falou sobre a intenção da companhia em implantar blockchain para melhorar a transparência em compra de mídia.

A gigante está trabalhando com a Media Ocean para criar um produto voltado a este segmento. A ideia foi implementada por um consórcio de empresas de publicidade e será apresentado em junho deste ano, durante o festival de Cannes. Já participam disso Unilever, Kellogg's, Kimberly-Clark, J&J, Pfizer, AT&T e AB InBev.

A ideia de Rangaiah é utilizar exatamente todo o sistema de cadeia proporcionado pela tecnologia para evitar fraudes de compras. Até mesmo poder fornecer dados mais precisos s empresas patrocinadoras que atualmente precisam confiar em relatórios fornecidos por empresas de mídia.


Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.

“Nos dias de glória da publicidade, tudo era mais simples, havia poucos players envolvidos nas transações, as comissões eram bem estabelecidas. Hoje há muitos players e tudo mudou, e começou a incomodar CMO's do mundo todo como Keith Weed, da Unilever, e Marc Pritchard, da P&G", comentou na apresentação.

A ideia ainda está em fase de implantação, ainda sem um projeto pronto para ser apresentado para o público, motivo pelo qual Rangaiah não fornece mais informações. O programa deve envolver desde checking de mídia, merchandising, tracking de vídeos a outras plataformas voltadas de forma personalizada para cada cliente.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)


×
CREATE ACCOUNT ALREADY HAVE AN ACCOUNT?

 
×
Recuperar as informações de acesso?
×

Go up

Pular para a barra de ferramentas