image_pdfimage_print

Nos últimos anos, os assistentes de voz mostraram grande evolução e, de acordo com analistas da Juniper Research, o uso deles deve triplicar nos próximos anos. A empresa estima que haverá 8 bilhões de assistentes digitais de voz em uso até 2023, em comparação com os 2,5 bilhões que haviam no final de 2018. A maioria desses assistentes estará presente em smartphones, onde o Google Assistente e a Siri são os grandes nomes para Android e iOS, respectivamente.

A Google já havia anunciado, no mês passado, que seu assistente de voz seria habilitado para um bilhão de dispositivos. Enquanto isso, a Alexa, da Amazon, que é encontrada em alto-falantes inteligentes como os da linha Echo, alcançou mais de 100 milhões de dispositivos.

A Juniper, no entanto, prevê que a categoria que mais crescerá nesse ramo será a de TVs inteligentes e não a de alto-falantes. Dessa forma, a empresa espera que a categoria de assistentes de voz de smart TVs cresça 121,3% nos próximos cinco anos, enquanto os alto-alantes inteligentes cresçam 41%. Wearables também terão um papel significativo, com 40,2% de crescimento, segundo o estudo.

Atualmente, a Alexa é líder de mercado em alto-falantes inteligentes, mas, de acordo com o relatório, esse cenário pode acabar mudando, pois ela será desafiada pelas empresas chinesas que já vêm criando seus próprios dispositivos inteligentes.

O estudo destaca também o uso que essa tecnologia terá para o comércio. A empresa afirma que o mercado de voz irá apresentar um crescimento substancial até alcançar mais de US$ 80 bilhões em 2023. No entanto, vale ressaltar que o “comércio de voz” idealizado pelo estudo abrange a transferência de dinheiro e compras de produtos digitais, assim como o uso do assistente de voz para compras mais tradicionais.

James Moar, um dos autores da pesquisa, explica que espera uma grande parcela de compras digitais a partir do comércio de voz e que TVs e monitores inteligentes serão extremamente importantes, pois “podem fornecer um contexto visual que os alto-falantes inteligentes não possuem”.

Vale a pena notar também que a Juniper acredita que a ascensão de assistentes digitais afetará negativamente o mercado global de aplicativos móveis. Esse fenômeno ocorreria pelo aumento da demanda do consumidor por assistentes multiplataforma, fazendo com que os aplicativos paralelos para smartphones e tablets, criados por desenvolvedores independentes, tenham menos espaço.

(Ler na fonte)


×
CREATE ACCOUNT ALREADY HAVE AN ACCOUNT?

 
×
Recuperar as informações de acesso?
×

Go up

Pular para a barra de ferramentas