image_pdfimage_print

Elon Musk desmentiu a notícia do Financial Times, publicada nesta última quarta-feira (10), que informava que James Murdoch era o principal candidato a assumir a presidência da Tesla.

No início deste mês, o executivo anunciou que deixaria o cargo para evitar mais processos, decisão que surgiu também depois de seu envolvimento em algumas polêmicas.

Em 29 de setembro, Musk assinou um acordo com a Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos, que registrou um processo contra o milionário, e decidiu renunciar ao cargo em até 45 dias. Tudo começou quando o executivo foi acusado de fraude, afirmando publicamente que teria dinheiro suficiente para fechar o capital de sua empresa.

Agora, o Financial Times ouviu de pessoas relacionadas ao caso que Murdouch, atualmente diretor executivo da 21st Century Fox, é um dos candidatos mais cotados pelo conselho da Tesla e que "o trabalho seria perfeito" para ele. Musk rebateu a notícia no Twitter dizendo apenas que "Isso é incorreto".

A Tesla tem até o dia 13 de novembro para nomear seu novo presidente.

(Ler na fonte)


×
CREATE ACCOUNT ALREADY HAVE AN ACCOUNT?

 
×
Recuperar as informações de acesso?
×

Go up

Pular para a barra de ferramentas