image_pdfimage_print

A Cloudflare anunciou a adição do Warp, seu serviço de VPN próprio, ao já bem conceituado aplicativo de DNS, o 1.1.1.1. Disponível para iOS e Android, o software promete não apenas acelerar a navegação de internet convencional como também fazer isso enquanto oculta a conexão dos usuários por trás de uma rede privada virtual, trazendo mais privacidade a ele e cobrindo seus rastros.

De acordo com a empresa, a ideia por trás do Warp é entregar um serviço de VPN para quem não sabe o que é isso. Dessa forma, a Cloudflare trabalhou em uma espécie de funcionamento invisível e sem maiores restrições ou problemas aos utilizadores, em uma tentativa de garantir ao máximo que eles não sintam diferença enquanto navegam por meio da rede privada virtual ou em uma conexão tradicional.Aplicativo 1.1.1.1, da Cloudflare, aplica VPN e novo DNS aos celulares com um único toque (Imagem: Reprodução/Felipe Demartini)

Isso significa um incremento na velocidade e também uma redução no consumo da bateria, algo que, por si só, é um desafio. VPNs transmitem os dados dos usuários por mais nós para garantir o anonimato deles, o que também acaba gerando mais demora na transferência, além de um gasto incrementado de bateria. Tornar tudo isso invisível, e ainda criptografado, foi um desafio que a Cloudflare parece ter sido capaz de cumprir.


Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.

Essa maior confiabilidade, claro, tem a ver com a infraestrutura da própria companhia, que já fornece serviços que ampliam a proteção de sites a partir de uma arquitetura bastante robusta. Ao controlar a entrada e saída de dados, mas, claro, sem ter acesso a eles, a empresa também garante que tanto seu DNS quanto sua VPN serão mais rápidos e funcionais que a maioria das outras soluções disponíveis no mercado.

Em ambas as versões do 1.1.1.1, basta pressionar um botão para que a VPN ou o novo DNS, ou ambos, sejam ativados. O aplicativo, então, pode permanecer funcionando em segundo plano enquanto a conexão do usuário é protegida, permanecendo como tal até que o software seja fechado ou que o próprio utilizador desative os botões.

Quem quiser, também pode configurar o DNS da Cloudflare (1.1.1.1 e 1.0.0.1) manualmente no celular ou computador, aproveitando os benefícios de internet mais rápida prometidos pela empresa, mas sem as capacidades de VPN, que estão disponíveis apenas pelo aplicativo. O download é gratuito e não tem limite de uso.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)


×
CREATE ACCOUNT ALREADY HAVE AN ACCOUNT?

 
×
Recuperar as informações de acesso?
×

Go up

Pular para a barra de ferramentas