Vazamento confirma que TCL terá smartphone dobrável já 2020


O conhecido leaker Evan Blass divulgou uma imagem que revelou o calendário de lançamentos da fabricante chinesa de tecnologia TCL para o próximo ano. Entre os produtos que aparecem nesta arte – que são cinco, ao todo – estão smartphones e um tablet dobrável que, muito provavelmente, terá funções de smartphone, a exemplo do Mate X, da Huawei e do Galaxy Fold, da Samsung.

A bem da verdade, este aparelho com tela flexível não é uma completa novidade, pois a própria empresa havia divulgado em evento global no mês de julho, em São Paulo, que estava trabalhando em um display AMOLED com essa característica.

Chamado de "Flextab", o aparelho deve fazer parte de uma linha flagship, ou seja, com preço nas alturas e configurações bem parrudas. Até porque, são poucos os modelos com essa tecnologia que estarão disponíveis para compra no momento do lançamento da TCL. Vale lembrar, também que a empresa demonstrou um protótipo deste aparelho no início deste ano.


Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.


Outros produtos

Ainda de acordo com a imagem vazada, pudemos ver que a TCL lançará outros quatro smartphones: T1, T1 Pro, T1 5G e T1 Pro 5G.Calendário de produtos da TCL/ Imagem: Evan Blass 

O mais próximo de aparecer no mercado é o T1, que deve ter configuração intermediária para competir com aparelhos da Lenovo, OPPO e, até mesmo, Huawei. Ele terá uma tela Full HD+ de 6,5 polegadas sem notch, mas com câmera na tela, bem parecido com o que vimos no Galaxy S10. Na parte de trás, um sistema de câmeras oferecerá três sensores, sendo um de 48MP, outro de 16MP e um de 2MP. Segundo a imagem, o conjunto terá tecnologia especial para fotos escuras e com lentes capazes de fazer imagens "super wide" com 123º.TCL T1/ Imagem: Evan Blass 

Para completar a linha T1, o calendário prevê a variante Pro para primeiro trimestre de 2020, com o aparelho ostentando um display AMOLED de borda curva e quatro câmeras traseiras. No meio do ano, devem chegar as versões 5G do T1 e do T1 Pro.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)




Que tal usar o Airbnb para se hospedar em uma casa no formato de um beagle?


Se você é fã de cachorros, a Dog Bark Park Inn B & B é perfeita para você se hospedar. Trata-se de uma casa situada em Cottonwood, Idaho (Estados Unidos), que tem o formato de um beagle gigante. Ela foi inaugurada em 2003 pelos artistas Dennis Sullivan e Frances Conklin e pode ser reservada pelo Airbnb por US$ 132 (o equivalente a R$ 533) a diária. Mas não a subestime, pois a casa já está reservada até 17 de abril de 2020.

Na descrição da hospedagem, no Airbnb, consta: "Fique hospedado em um cão gigante. Isso mesmo, é uma pousada em forma de beagle. Estar nesta casa de cachorro é uma coisa boa e confortável".Pequenos cachorros de madeira são as principais lembranças da lojinha da pousada (Foto: Airbnb)

Um aspecto interessante dessa pousada é que ela não é apenas um "cachorro gigante", mas sim o maior beagle do mundo. Inicialmente, Dennis Sullivan e Frances Conklin construíram juntos um beagle de 3,6 metros chamado Toby. Isso aconteceu lá nos anos 90. Mas foi em 2003 que decidiram construir um beagle maior, com aproximadamente 9 metros de altura. Depois de ver o número expressivo de turistas que a construção atraiu, o casal decidiu abrir a casa para hospedagem.


Feedly: assine nosso feed RSS e não perca nenhum conteúdo do Canaltech em seu agregador de notícias favorito.

É válido observar que a casa acomoda quatro pessoas e possui dois quartos: um deles fica na barriga do cachorro, enquanto a cabeça tem um loft. A decoração é toda temática de beagle, com várias miniaturas da raça espalhadas pelas paredes. Na parte traseira do beagle, há um banheiro. Os hóspedes também podem trazer o próprio cachorro para a propriedade, desde que ele se dê bem com outros cães, já que há um golden retriever que mora na propriedade.Um dos quartos da pousada em formato de beagle (Foto: Airbnb)

O site diz também que Sullivan e Conklin operam um estúdio de arte e uma loja de presentes logo ao lado, onde vendem pequenos cães de madeira. Além disso, o casal não mora na casa. Já que a pousada não conta com cozinha, o próprio casal se disponibiliza a levar café da manhã aos visitantes e são conhecidos pelos muffins caseiros.

Não há muitas casas ao redor, então o visitante pode aproveitar da privacidade. No entanto, também há atividades para fazer, como um passeio de lancha no Rio Salmon ou aprender sobre a história indígena em Nezperce, Idaho, a apenas 20 minutos de distância. As estatísticas do Airbnb dizem que a casa foi visitada mais de 500 vezes na primeira semana de agosto.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)




Xiaomi apresenta Realme 5 e Realme 5 Pro com 4 câmeras e bateria parruda


A Xiaomi apresentou nesta terça-feira (20) dois novos smartphones: o Realme 5 e o Realme 5 Pro. Os dois aparelhos da linha chegam com o entalhe na parte da frente e oferecem um sistema quádruplo de sensores para fotos na parte de trás.

Realme 5

A versão padrão da linha traz tela de 6,5 polegadas em HD+. Isso significa resolução de 720×1600 pixels e proporção de 20:9. Ainda na parte da frente, ele apresenta um pequeno entalhe em formato de gota para a câmera frontal, oferecendo quase todo espaço para o display. Em se tratando de fotos, o sensor para selfies conta com 13 MP.

O sistema mais parrudo para fotografias está na parte de trás. O Realme 5 tem quatro sensores com propostas diferentes. O principal tem 12 MP, acompanhado de uma lente ultrawide com campo de visão de 119º e sensor de 8MP. O aparelho também carrega uma lente macro e outra voltada para criar aquele efeito de fundo desfocado. Estas duas lentes contam com sensores de 2 MP.


Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.
Aparelhos oferecem sistema quadrúplo de fotos (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Dentro da carcaça, o chipset é o Snapdragon 665 e três opções de memória e armazenamento: 3GB/32 GB, 4GB/64 GB e 4GB/128 GB. Para aumentar a capacidade, ele aceita cartão microSD de até 256 GB e conta com compatibilidade com dois chips SIM.

Além do sistema de sensores para foto, outro destaque é a bateria do dispositivo. São 5.000 mAh de capacidade que podem ser recarregados com um adaptador de 10 W conectado entrada microUSB.Realme 5 na cor verde (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Este modelo chega ao mercado nas cores azul e roxa com preços a partir de INR 9,999, equivalentes a R$ 560. O lançamento está marcado para o dia 27 de agosto.

Realme 5 Pro

Esta é a versão mais potente da linha. Contudo, ela chega com uma tela menor que a do Realme 5 padrão: aqui são 6,3 polegadas de tela, mas resolução Full HD+. Ele conta com a mesma face fronta e entalhe em formato de gota para acomodar a câmera de 16 MP para selfies.

Outra grande melhoria está no sistema de fotos na parte de trás. Ele também oferece o os quatro sensores, mas o principal tem 48 MP.

Em especificações internas, ele chega com um Snapdragon 712, da Qualcomm, e também três possibilidades de armazenamento interno e memória RAM: 4GB/64 GB, 6GB/64 GB e 8GB/128GB.Realme 5 Pro na cor azul (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Por conta da tela menor, esta versão tem menos bateria que o modelo padrão, chegando com 4.035 mAh. Em contrapartida, ele tem uma função chamada de AI Freezer, que analisa hábitos de utilização do usuário e ajusta a atividade de aplicativos que estão funcionando em segundo plano para economizar bateria.

Também diferente da versão padrão, aqui há entrada USB-C, compatível com sistema de carregamento rápido de 20W.

O Realme Pro chega nas cores azul e verde com preços a partir de INR 13,999, equivalente a algo perto de R$ 784.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)




Totalmente branco! Veja o novo visual da Google Play Store


A Google está investindo em inovações na Play Store, desde o design até a sua funcionalidade. Prova disso é o novo método de palavras-chave para encontrar com mais facilidade um determinado aplicativo, além do retorno ao Material Design. Nesta segunda-feira (19), usuários de Android perceberam uma mudança radical no visual da loja de aplicativos: agora, a Play Store é completamente branca, semelhante própria página do mecanismo de buscas Google.

Com o lançamento do Android Q cada vez mais próximo, a sensação que fica é que o visual limpo e branco da Play Store vai permanecer assim, e isso dá abertura para especulações, como a chegada do modo escuro (que já é um assunto muito presente quando se trata da Play Store). Veja como está o visual atual da plataforma, que ainda não está em vigor para todos os usuários.


Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.

O novo design está de acordo com a nova especificação "Material Design" que a Google lançou com o Android 9 Pie no ano passado. Além do design todo branco, o aplicativo agora suporta corretamente a nova barra de navegação de gestos do Android Q, tornando-a transparente em vez da barra de navegação preta que fazia parte do design antigo.

A Play Store é conhecida principalmente pelos aplicativos que estão nela, tanto gratuitos quanto pagos, mas a plataforma conta com filmes, músicas e até mesmo livros, além de games, claro. O design anterior contava com um cabeçalho tomado por cores fortes justamente para diferenciar as seções. Com o novo design, isso se perde, mas não completamente, já que o título da seção selecionada fica em verde para diferenciar, enquanto as outras seções ficam em cinza.

Outra característica presente no novo design é que as guias de conteúdo estão na parte inferior a partir de agora. As quatro guias de conteúdo são "Jogos", "Aplicativos", "Filmes e TV" e "Livros", com "Música" sendo visivelmente ausente (mas que pode ser encontrada).

Esse novo design não pertence a uma versão específica da Play Store, então pode levar semanas para chegar a determinados dispositivos, ainda que alguns já possam vê-lo atualmente. Além disso, podemos nos preparar para muitas mudanças de design de aplicativos da Google, para a chegada do Android Q.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)




Pesquisadores inventam tecido inteligente que aumenta sinal e bateria


Tendo em mente o avanço contínuo e ligeiro da tecnologia wearable (em que os dispositivos podem fazer parte do vestuário, como uma camiseta, um relógio ou uma pulseira), pesquisadores da Universidade Nacional de Cingapura (NUS) resolveram criar um tecido inteligente que pode não só aumentar o sinal de um dispositivo, como também melhorar a autonomia da bateria. Isso seria possível por meio de ondas de rádio, como Bluetooth e Wi-Fi, que deslizam pelo tecido e passam para os dispositivos.

O tecido foi anunciado pela primeira vez em julho deste ano, e desde então tem dado o que falar. Trata-se, basicamente, de um condutor cinza que cria uma rede de sensores corporais sem fio para permitir que os dispositivos transmitam dados com um sinal descrito ccomo "mil vezes mais forte que o das tecnologias convencionais". Além disso, o material é feito de fibras de aço inoxidável e vem na forma de tiras, que são fixadas na superfície externa da roupa por meio de um bordado, enquanto o lado interno tem tiras de condutor não padronizadas.Equipe de pesquisadores da Universidade Nacional de Cingapura por trás do tecido inteligente (Foto: Business Insider)

A equipe de pesquisa conta com 10 componentes e é liderada pelo professor assistente John Ho do Instituto NUS de Inovação e Tecnologia. "Esta inovação permite a perfeita transmissão de dados entre dispositivos a níveis de energia que são mil vezes reduzidos", explica o professor. Ele observa que as ondas que envolvem o tecido inteligente são capazes de “aumentar o sinal recebido em mil vezes, o que poderia dar taxas de dados drasticamente altas para o mesmo poder”. Além disso, Ho também afirma que as ondas transmitem sinais que podem atingir vários metros — mais de 100 metros para Wi-Fi, por exemplo.


CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.

O líder da pesquisa também aponta que as ondas não representam ameaça à saude do usuário. Ho garante também que o sinal impulsionado entre os dispositivos é tão forte que é possível transmitir energia sem fio (na forma de ondas de rádio) de um smartphone para outro dispositivo vestível. Por sua vez, a Universidade Nacional de Cingapura diz que as fitas condutoras podem até ser cortadas ou rasgadas sem interferir nas capacidades sem fio, e ainda podem ser lavadas, secas e passadas como em roupas comuns.

No vídeo a seguir, a universidade explica direitinho como a inovação funciona:

A equipe de pesquisa revela ainda que está conversando com potenciais parceiros para comercializar esse material, principalmente nos ramos do esporte e da saúde. "As aplicações potenciais podem variar drasticamente — desde medir os sinais vitais de um paciente sem inibir sua liberdade de movimento, até ajustar o volume nos fones de ouvido sem fio de um atleta com um único movimento da mão", explica a NUS.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)




Microsoft anuncia crossover de Gears of War e Halo, além de Gears POP! mobile


Durante o programa Inside Xbox especial da Gamescom que a Microsoft transmitiu nesta segunda-feira (19), a empresa revelou diversas novidades sobre os próximos lançamentos da empresa — e entre eles, claro, estavam os próximos títulos da franquia Gears of War.

O que talvez tenha sido o mais inesperado foi o anúncio da “junção†das duas principais franquias exclusivas dos consoles Microsoft: Gears of War e Halo. Assim, os jogadores que forem participar dos modos multiplayer de Gears 5 poderão escolher também Kat e Emil do jogo Halo: Reach, trazendo as armaduras de combate de última geração para o guerra contra os Locusts. Cada um dos personagens terão suas próprias habilidades, e ambos poderão ser escolhidos em qualquer um dos modos cooperativos de Gears of War 5.Emil e Kat de Halo Reach serão personagens jogáveis em Gears of War 5 (Imagem: Microsoft)

Mas não foi apenas o próximo jogo principal da franquia que foi lembrado durante a apresentação, e Gears POP! também marcou presença. O título mobile, que possui uma jogabilidade parecida com a de Plants vs Zombies e traz diversos personagens da franquia de tiro da Microsoft em versões estilo Funko — aqueles bonequinhos com um corpo minúsculo e uma cabeça enorme (também conhecidos como minicraques de nerd) —, marcou presença na Gamescom com um vídeo apresentando um de seus diversos personagens: uma versão fofinha do Boomer, o Locust conhecido por utilizar um lança-granadas.


Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.

Gears Pop! chega para aparelhos Android e iOS no dia 22 de agosto, enquanto Gears of War 5 será lançado em 10 de setembro para o Xbox One e PC.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)




Pulsus melhora produtividade com gerenciamento de dispositivos corporativos


Os celulares e tablets são ferramentas importantes no ambiente corporativo pois auxiliam diretamente na produtividade dos funcionários, sobretudo daqueles que utilizam aparelhos eletrônicos em suas tarefas. Com isso em mente, a empresa brasileira Pulsus desenvolveu soluções completas para o gerenciamento de dispositivos móveis dentro das empresas. O foco desse serviço é o de proporcionar um ambiente de trabalho mais produtivo e seguro entre os funcionários que fazem uso desses aparelhos empresariais.

Controle que gera produtividade e segurança

Com a Pulsus, a equipe que gerencia os dispositivos móveis terá em mãos a possibilidade de rastrear e localizar os aparelhos com facilidade, aumentando a segurança e produtividade da empresa e dos usuários. A ferramenta permite o bloqueio imediato do celular ou tablet em caso de roubo, bem como dos seus aplicativos, além de ser muito útil no manejo do consumo de dados de internet. É possível, também, personalizar totalmente a tela do smartphone ou tablet, instalar apps remotamente e controlar o acesso a sites específicos e números que podem ser ligados ou atendidos.Gif: Pulsus

A Pulsus também disponibiliza a opção de controle dos dispositivos apenas no horário do expediente. Bloqueando ou liberando as funções do aparelho de maneira pré-determinada. E isso tudo pode ser feito de forma remota, controlando também o inventário da empresa de maneira online e em tempo real.


Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.
Gif: Pulsus

Todo esse controle e funcionalidades, claro, podem ser efetuados remotamente, economizando o tempo do setor responsável e otimizando o trabalho.

Bom para quem está ao volante

Outra ferramenta muito eficiente dentro do sistema da Pulsus é o Modo Motorista. Com ele, enquanto o usuário estiver dirigindo, a ferramenta age bloqueando os aplicativos e os libera de acordo com a velocidade do veículo e o deslocamento. Por segurança, apenas o GPS é liberado 100%.Imagem: Pulsus

Aprenda sobre Mobile Device Management (MDM) gratuitamente

A Pulsus também disponibiliza em seu site materiais didáticos que explicam tudo sobre o Mobile Device Management (MDM), técnica que é o cerne principal de sua ferramenta de gerenciamento. Você pode baixar esses materiais educacionais sem custos.

A empresa moldou seus serviços com um time de profissionais especializados na área de desenvolvimento e design, que obtiveram aprendizado por meio de dezenas de projetos gerenciados nos mais diversos segmentos. A ferramenta foi projetada e criada para facilitar a vida dos profissionais que fazem gestão de equipes de campo.

Para contratar os serviços da Pulsus, basta acessar o site oficial da empresa, que disponibilizou, também, um período de testes de 15 dias gratuitamente.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)




Análise | Asus F570 e seu calcanhar de Aquiles


Um notebook com placa de vídeo, processador quad-core e memória DDR4 é, necessariamente, um modelo voltado para jogos? E se colocarmos uma tela Full HD com qualidade até interessante, além de alguns diferenciais bacanas, como um teclado retroiluminado. Agora sim, não?

Essas são algumas características do F570 da Asus, anunciado como um modelo gamer. Então vamos conhecê-lo em detalhes nas próximas linhas.

Design e construção 

De modo geral, o design do F570 fica entre um notebook comum e um modelo gamer de entrada. Vem com linhas um pouco mais agressivas, usando plástico que simula metal escovado tanto na tampa quanto na região do teclado. Possui alguns detalhes em um verde-água brilhante em algumas partes, como o touchpad, nas bordas da tampa e no logo da ASUS. Não deixa de passar a imagem de ser um modelo básico, mas um “básico que chama a atençãoâ€.


CT no Flipboard: você já pode assinar gratuitamente as revistas Canaltech no Flipboard do iOS e Android e acompanhar todas as notícias em seu agregador de notícias favorito.

Inteiramente construído em plástico, dedica uma área considerável para a refrigeração. Há uma entrada de ar na parte de cima devidamente protegida contra poeira e outras três entradas de ar na parte de baixo. Estas, porém, são largas e não protegidas, o que aumenta o fluxo de ar, assim como a entrada de poeira. E, na parte de trás, temos uma generosa saída de ar, o que nos deu segurança de que há uma boa refrigeração antes mesmo de ligarmos o F570 pela primeira vez

Resumindo os dois parágrafos acima, temos uma construção um pouco mais sofisticada com foco em um bom fluxo de ar, mas mais parecido com um notebook comum do que mostrando aquela “agressividade†de modelos gamer.Mesmo tendo um cooler simples, o F570 se comportou bem mesmo sob condições de estresse.

Do lado esquerdo temos duas portas USB 2.0 e a saída para fones de ouvido com microfone. Do lado direito a lista é mais generosa, com entrada para cartões microSD, uma porta USB tipo-C, saída HDMI, USB 3.1, porta RJ-45 e o conector de força.

Tela

O mercado brasileiro está cheio de notebooks com telas HD (1366 x 768, no caso), o que é um mistério para nós. Então, o fato do ASUS F570 ser equipado com uma tela com resolução Full HD (1920 x 1080) é algo que deve ser mencionado, ainda que não tenhamos muito o que dizer após isso.

Não há um destaque significativo para mencionarmos aqui, com cores, níveis de brilho e ângulos de visão que não impressionam. Por outro lado, também não temos o que criticar, sem problemas “visíveisâ€, por assim dizer. No fim das contas, trata-se de uma tela com resolução Full HD apenas “OKâ€, com o principal diferencial sendo o antirreflexo.

Teclado e touchpad

Temos aqui o bom e onipresente teclado tipo chiclete padrão utilizado pela ASUS já há algum tempo nos modelos mais básicos. Isso não é algo ruim: pelo contrário. As teclas de baixo perfil são bastante confortáveis para digitação e trazem um excelente equilíbrio entre tamanho e espaço entre elas. Além disso, são bastante suaves e menores no teclado numérico, uma boa sacada da ASUS para ampliar as teclas alfanuméricas.

E claro, temos a cereja do bolo: as teclas são retroiluminadas, contando com três níveis de brilho. Algo esperado para um modelo na faixa de preços do F570 e que certamente melhora consideravelmente a experiência de uso.

Já o touchpad entra mais ou menos na mesma classificação da tela: não se destaca, mas também não decepciona. Poderia ser um pouco maior, já que há espaço de sobra na área de descanso para as mãos. Vem com as mesmas linhas verde-água brilhante das bordas e do logo da ASUS, o que o torna fácil de achar em ambientes mais escuros mesmo que ele não conte com iluminação própria.

Configuração e desempenho

Um notebook com processador de quatro núcleos (e oito threads) com 8 GB de memória RAM DDR4 e placa de vídeo dedicada com 4 GB de memória dedicada GDDR5 certamente é capaz de rodar jogos um pouco mais exigentes. Ainda mais quando consideramos que o processador é um Ryzen 5 e a placa de vídeo é uma GeForce GTX. De fato é uma configuração e tanto, mas há um problema de idade aqui.Benchmark com a GPU integrada (Radeon Vega 8).

O Ryzen 5 em questão é o 2500U e a placa de vídeo é a Nvidia GeForce GTX 1050 em sua versão com 4 GB dedicados. Ambos foram anunciados em 2017 e 2016, respectivamente… e estamos em 2019. São excelentes chips, além de ser uma excelente notícia que os processadores Ryzen estão finalmente conquistando território, mas é um modelo com preço atualizado para uma configuração desatualizada. E deve-se escolher entre um e outro.Mudando para a GeForce GTX 1050, a pontuação dos gráficos melhora significativamente.

O Ryzen 5-2500U tem um desempenho similar ao Core i7-8565U, chip que equipa o Zenbook 14 que testamos aqui. Trata-se de um bom desempenho, mas sem entrar no território dos games pesados. Não é uma falha do chip, já que este não é o seu propósito, e sim maximizar a relação desempenho/consumo de energia, quesito em que ele se sai muito bem.

Já a Geforce GTX 1050 foi anunciada como o modelo mais básico da série 10 da empresa. É capaz sim de rodar uma boa quantidade de jogos sem grandes problemas, mas exige uma diminuição considerável de qualidade em games mais recentes e pesados. Tem a sua performance bastante documentada, já que conta com um bom tempo de mercado, ainda que seu desempenho não seja de se jogar fora.O disco rígido Toshiba se comporta como esperado, sendo (de longe) o componente mais lento da máquina.

Como armazenamento temos… um disco rígido de 1 TB de 5400 RPM. O que não seria de todo ruim se houvesse um SSD como armazenamento primário, ainda mais considerando o preço oficial do F570. Mas é um gargalo imenso, felizmente fácil de resolver com a troca por um SSD, algo que a ASUS também levou em consideração na hora de estabelecer o preço final, como veremos mais para frente.Oferece um bom desempenho mesmo sendo de baixa voltagem.

Ou seja, temos um processador de baixa voltagem, ainda que competente, com uma placa de vídeo básica, ainda que voltada para jogos. Isso com 8 GB de memória DDR4, o básico para começarmos a falar de games, e um disco rígido básico, comum em máquinas muito mais acessíveis. Na prática, isso significa… bom, vamos deixar para falar no final desta análise.

Som e bateria

Como grande parte dos modelos da ASUS, o sistema de som aqui é o SonicMaster. Mais uma vez, o jargão: não impressiona, mas também não decepciona, alcançando um volume até respeitável. São duas caixas localizadas nas quinas do modelo, com pequenas grelhas para a saída de som. Não há subwoofer, e de fato a ausência de graves aqui é percebida.

Vale comentar que abrimos o F570 para trocar o HD por um SSD (SATA) e podemos atestar que há espaço de sobra no interior da máquina. Ou seja, não é como se faltasse espaço para um slot M.2, como concorrentes já oferecem há algum tempo, possibilitando o uso de um SSD e um HD simultaneamente em um notebook.

Sobre a bateria, nossos resultados variaram de 2 horas de uso pesado até 4 horas de uso comum. Nada muito fora do que estávamos esperando de uma bateria de 4480 mAh com a configuração em questão, valendo mais como registro. Temos também o Wifi padrão AC e o Bluetooth 4.1, mais ou menos o esperado dentro do segmento.

Conclusão

Item após item, quesito após quesito, vimos que o ASUS F570 é um modelo bem OK. Quando foi anunciado como um modelo gamer, esperávamos uma espécie de “ROG básicoâ€, mas não é o que encontramos, mas sim um notebook comum com placa de vídeo dedicada. Usar um processador de baixa voltagem, ainda que competente, já é um problema por si só.Temos aquelas chateações da ASUS, mas elas rapidamente saem do caminho.

O quesito que mais nos incomodou foi o uso de componentes relativamente antigos. Uma GTX 1650 seria o ideal aqui, mas a escolha da GTX 1050 faria sentido se o modelo fosse mais acessível, o que não é o caso. O modelo é anunciado por R$ 4.800, e a idade dos componentes pesa bastante, aqui. Investindo um pouco mais, é possível encontrar modelos mais potentes de outras marcas, atualizados e verdadeiramente construídos para jogos.

Aliás, a ASUS deixa “no ar†o fato de que, mais cedo ou mais tarde (provavelmente mais cedo), o disco rígido se tornará um problema. Ou seja, além de ter um preço pouco competitivo por si só, não entrega um conjunto completo, já que é necessário incluir um SSD na compra. E este, mesmo que básico, faz o valor final ultrapassar facilmente os R$ 5.000.

Trocamos o HD original por um SSD A400 da Kingston de 480 GB. O resultado foi o que esperávamos, dando a agilidade necessária para tornar o F570 uma máquina excelente para a grande maioria das tarefas. Porém, é algo que esperaríamos por padrão pelo preço cobrado, sendo o grande calcanhar de Aquiles desta máquina. E abri-lo também não é uma das tarefas mais simples, exigindo um cuidado extra para não danificar a carcaça.

No fim das contas, o F570 é um modelo com boa configuração, mas não é gamer. Vem com componentes um pouco mais antigos para diminuir o preço, mas não é acessível. Tem um bom conjunto geral, mas não é completo, já que é uma configuração que clama por um SSD para desafogar o desempenho geral. Tudo isso por R$ 4.800? Pode até ter algum sucesso, mas a concorrência é altíssima nesse segmento de preços.

Vantagens

  • Configuração equilibrada, ainda que defasada;
  • Teclado retroiluminado e competente;

Desvantagens

  • A troca do HD por um SSD é urgente;
  • Preço acima do esperado.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)




TÁ BARATO | Moto G7 Play por R$ 549 com o cupom e cashback da Americanas.com


*IMPORTANTE: fique atento à data de publicação desta matéria, pois todos os preços e promoções estão sujeitos à disponibilidade de estoque e duração da oferta, que tem tempo limitado. Alterações de preço podem ocorrer a qualquer momento, sem prévio aviso. O preço ou valor total do produto poderá ser alterado de acordo com a localidade considerando frete e possíveis impostos interestaduais.

A Motorola faz um imenso sucesso com seus smartphones aqui no Brasil. Afinal, a marca, além de oferecer uma boa variedade de modelos para públicos diversos, ainda conta com uma ampla rede de assistência técnica por aqui, e seus aparelhos estão sempre na lista de queridinhos do momento.

E você pode ter em mãos um smartphone Motorola recém lançado pelo menor preço possível. Duvida? Confira esta promoção imperdível da Americanas.com, pois a loja está fazendo um belo saldão repleto de promoções relâmpago — e o novo Moto G7 Play agora está com o menor preço que você vai encontrar por aí nas grandes redes de e-commerce.


Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.

Ah, além de oferecer cupons de desconto para pagar mais barato, as Americanas incentivam a compra através do AME Digital: aplicativo para Android e iOS por onde você paga suas compras e ainda recebe uma grana de volta, graças ao esquema de cashback. É só baixar o app, cadastrar seu cartão de crédito por ali e, quando escolher os produtos, escanear o QR Code de cada pedido para validar a compra pelo AME. Aí, você faz o pagamento por meio do aplicativo, usando o seu cartão de crédito, e em até 30 dias você recebe o valor proporcional do cashback — que fica em sua carteira digital AME, e você pode usar esse valor em compras futuras nas lojas da B2W.

Se o valor do produto for maior do que o seu saldo AME, é só complementar o valor restante com o cartão de crédito cadastrado. E se você não gastar o valor do cashback, o saldo Ame permanece ali na sua carteira até que você deseje gastá-lo, já que o valor não expira nunca e os cashbacks são cumulativos. Então você pode deixar os valores devolvidos acumularem à vontade para, no futuro, fazer compras sem pagar nada!

Moto G7 Play

Lançado em 2019, o Moto G7 Play é o basicão da atual família Moto G7, sendo ideal para quem precisa de um smartphone atual que seja suficiente para as atividades básicas do dia a dia.

Por dentro, ele traz processador Snapdragon 632 de oito núcleos, GPU Adreno 506, bateria de 3.000 mAh, 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento — mas você pode expandir esse espaço para até 256 GB com cartão microSD. Sua tela IPS LCD tem 5,7 polegadas, proporção 19:9 e resolução HD, enquanto as câmeras oferecem sensor único de 13 megapixels na traseira, e câmera frontal com 8 MP para selfies.

Nas cores preto, azul e dourado, o Moto G7 Play na promoção das Americanas está custando apenas R$ 649 em até 10x sem juros. Mas atenção: o valor promocional somente é validado ao inserir o cupom FESTA50 antes de encerrar a compra! E se você pagar com o aplicativo do Ame, você recebe R$ 100 de cashback, então na verdade acaba pagando só R$ 549 pelo aparelho!

Duvida que este seja mesmo o menor preço do dia de hoje? Confira no comparador de ofertas Zoom:

Outras ofertas

Cupons de desconto valendo nas Americanas de acordo com o valor de sua compra

O saldão das Americanas.com vai além do Moto G7 Play! Clicando aqui você confere todos os outros produtos do catálogo da loja que estão participando da super promoção, com os cupons acima que dão descontos progressivos de acordo com o valor de sua compra. 

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)




Confira sites que permitem criar um e-mail temporário gratuitamente


Criar um e-mail temporário pode ser muito útil para quem realiza muitos cadastros em sites, uma vez que pode impedir que promoções e outras mensagens indesejadas sejam enviadas para a sua conta real. Além disso, é importante manter o endereço de e-mail anônimo para garantir a sua segurança na Internet contra malwares e spam. 

E para ajudar nesse processo, alguns sites oferecem endereços de e-mail temporários que duram somente por alguns minutos. Confira alguns deles:


Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/

Tempsky

Com uma interface muito fácil de utilizar, o Tempsky permite gerar um endereço aleatório de e-mail temporário com apenas um clique ou, até mesmo, customizar o seu próprio.

O endereço fica ativo na Internet por 15 minutos, mas é possível renová-lo quantas vezes for necessário.E-mail temporário gratuito: Tempsky (Captura de tela: Ariane Velasco)

Nada

O Nada é um serviço de e-mail temporário ainda mais prático que o anterior. Para utilizá-lo, basta acessar a URL do site em seu navegador. Ao abri-lo, você já será direcionado para uma inbox.

Qualquer mensagem ali recebida irá aparecer instantaneamente e não há necessidade de atualizar a página. Seu e-mail temporário no serviço ficará disponível por alguns meses. Após esse período de tempo, você receberá uma mensagem avisando que o domínio será reciclado.E-mail temporário gratuito: Nada (Captura de tela: Ariane Velasco)

Throw Away Mail

Para criar o seu endereço de e-mail temporário no Throw Away Mail, basta acessar o site e clicar em “click here to show your e-mail”. Caso queira trocar o seu endereço, basta clicar novamente no link.

A interface do site é muito simples e limpa, o que facilita seu uso e o torna uma ótima opção para quem precisa de um endereço de e-mail imediatamente.E-mail temporário gratuito: Throw Away Mail (Captura de tela: Ariane Velasco)

Mailinator

O Mailinator oferece centenas de domínios diferentes para seu e-mail temporário. Para ter um, basta criar um nome de usuário e digitá-lo em qualquer um dos campos de texto do site.

Na página, todas as caixas de mensagens são públicas, ou seja, acessíveis a qualquer um que quiser visualizá-las. Por isso, vale usar o site somente em casos onde os e-mail recebidos serão completamente triviais.

O Mailinator também oferece uma versão paga, que oferece acesso a seu e-mail também via API, bem como a opção de utilizar o domínio privado de sua empresa para criar vários e-mails de teste.E-mail temporário gratuito: Mailinator (Captura de tela: Ariane Velasco)

MyTemp E-mail

Outra alternativa para criar um e-mail temporário é o MyTemp E-mail. O site tem um design organizado e permite o uso de vários endereços ao mesmo tempo, além da utilização de um domínio próprio.

O site também possui alertas para a chegada de novos e-mails em sua conta temporária, que são exibidos no navegador. É possível também fazer o download de seu conteúdo.E-mail temporário gratuito: MyTemp E-mail (Captura de tela: Ariane Velasco)

Fake Inbox

Para criar um endereço de e-mail temporário no Fake Inbox, basta clicar em “create random email address”. Já, caso queira utilizar um domínio privado, é necessário adquirir a versão paga da ferramenta.

O site é um dos poucos que permitem responder os e-mails que são recebidos. Cada endereço criado dura cerca de 60 minutos.E-mail temporário gratuito: Fake Inbox (Captura de tela: Ariane Velasco)

TempMail

O TempMail é, também, fácil de usar, uma vez que sua interface remete a uma caixa de e-mail comum. Através dele é possível criar um novo endereço de e-mail temporário quantas vezes forem necessárias. Além disso, é possível fazer o download de todos os conteúdos recebidos.E-mail temporário gratuito: TempMail (Captura de tela: Ariane Velasco)

20 Minute Mail

Outra alternativa interessante é o 20 Minute Mail, que permite criar endereços personalizados e enviar mensagens com imagens. Além disso, é possível mandar uma cópia de todos os e-mails recebidos para o seu endereço pessoal..

O 20 Minute Mail também pode ser utilizado em smartphones Android.E-mail temporário gratuito: 20 Minute Mail (Captura de tela: Ariane Velasco)

Shark Lasers

Para obter o seu e-mail temporário no Shark Lasers, não é necessário criar uma conta. Basta abrir o site em seu navegador para que ele forneça um endereço, que é atualizado constantemente.

Além disso, não é necessário atualizar a página para checar se o seu e-mail chegou. O próprio site faz isso automaticamente.Shark Lasers (Captura de tela: Ariane Velasco)

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)