image_pdfimage_print

Se tem algum tópico que ainda é, de uma maneira bem boba e tosca, tabu em discussões, esse tópico é “fetichesâ€. Claro, há sempre aquela “conversa de barâ€, em que você e seus amigos discutem um tipo de pessoa que mais lhe chama a atenção, mas “fetiche†por si vai muito além disso, o que intimida alguém a dizer em uma roda de amigos, por exemplo, que gosta de ser o “sub†em uma relação BDSM.

Mas estamos na era da internet móvel e, fazendo jus ao antigo slogan da iTunes Store, “existe um app para issoâ€: o FET, um app de relacionamentos disponível apenas para aparelhos iOS, busca ser o “Tinder fetichistaâ€, reunindo pessoas com gostos sexuais similares, mas, em qualquer outro aspecto, funcionando como qualquer tipo de software do setor: cadastro simplificado, valorização de perfis com fotos e detalhes biográficos mais completos.O FET permite atribuir dados simples de cadastro para, em seguida, liberar a busca de pessoas por fetiches similares (Imagem: Reprodução/UOL)

O FET conta com uma lista de pelo menos 50 fetiches, desde o Vanilla (quando a pessoa não tem uma “tara†específica) até preferências mais segmentadas, como o “sub†mencionado acima (aquele que gosta de apanhar em uma relação, digamos, “com mais pegadaâ€). Inicialmente, você preenche seus dados, gênero, orientação e preferências sexuais, além de algumas informações.

Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.

O único problema encontrado até agora reside no fato de ele não fazer um bom aferimento de localização: embora exista um sistema de geolocalização instalado, o app não reflete bem as informações do usuário, por vezes posicionando perfis que têm tudo para se atraírem, mas em cidades diferentes.

O interessante aqui, porém, é que a correspondência entre dois usuários não depende especificamente do “matchâ€: é possível, sim, mandar mensagens privadas a usuários como abordagem inicial (ou mandar um “likeâ€, se a sua timidez ainda levar a melhor sobre a sua iniciativa). Há também fóruns de discussão e links de aprendizado para aqueles que buscam alguém que, com o perdão do trocadilho, possa lhes introduzir algo novo em suas vidas sexuais.

Mas e o Android?

A equipe do Canaltech foi atrás de opções similares para Android, a fim de não deixá-los “na mão†(hehe), tudo, claro, em nome do bom jornalismo ( ͡° Íœʖ ͡°).

Embora não tenhamos encontrado nenhuma opção tão compreensiva quanto o FET, alguns apps se destacam por atuarem em segmentos próximos dele. São eles:

Kink’d

O Kink’d possui uma abordagem mais generalista e, embora se promova com um direcionamento maior comunidade BDSM, ele se comporta de forma similar ao FET, porém com uma lista um pouco menor de fetiches e predileções. O funcionamento é basicamente o mesmo, salvo por uma diferença: este app tem o objetivo de ser livre de mentirosos (catfish-free, segundo a descrição dele), então requer que todos os usuários provem ser reais ao pedir uma foto de suas identidades para verificação. Calma, essa foto não fica mostra no álbum, então não há riscos públicos de mau uso dos seus dados. Ele está disponível para Android e iOS.(Imagem: Divulgação/PlayStore)

Whiplr

Embora seja um site, tecnicamente falando o Whiplr também possui versões para iOS e Android e seu foco majoritário é oferecer um chat entre usuários. Seu funcionamento não difere muito de redes mais conhecidas, como Badoo ou Jaumo, porém ele tem essa abordagem mais sexualizada. Entretanto, você não vai encontrá-lo diretamente no marketplace da Play Store — o link acima é do “.apk†direto do site.(Captura de Imagem: Rafael Arbulu)

KNKI

Outra opção que entra na categoria “estamos em tudoâ€, o KNKI é uma rede social voltada ao fetiche. Novamente enfatizando a comunidade BDSM, mas oferecendo outras opções de fetiche, essa rede possui interações sociais completas, permitindo que você siga usuários de interesse e interaja em alguns pontos de discussões do tema. Entretanto, ele não é muito bem-vindo ao público vanilla, salvo por aqueles dispostos a experimentar a representação de um papel em BDSM. Além do site oficial, há aplicações dedicadas no iOS e Android.(Captura de Imagem: Rafael Arbulu)

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

(Ler na fonte)


×
CREATE ACCOUNT ALREADY HAVE AN ACCOUNT?

 
×
Recuperar as informações de acesso?
×

Go up

Pular para a barra de ferramentas